Letícia

Conheci a Santa Filomena este ano, minha mãe me contou a história dela brevemente e desde o começo senti uma forte conexão com a Santa. Minha avó me presenteou com o livro e o cordão e desde então já apareceu dois nós. Fiz uma novena, em maio, para a Santa Filomena pedindo a cura da minha cachorra ou que ela a levasse para descansar, pois ela já estava muito debilitada. Pedi em oração para que me fosse poupada a escolha de autorizar eutanásia, e graças a intercessão de Santa Filomena, minha cachorrinha descansou naturalmente. Ainda é difícil seguir em frente sem ela, mas sei que ela está em paz agora e logo após sua morte, apareceu o primeiro nó no meu cordão.
O segundo nó apareceu enquanto eu lia o livro da Santa, um nó muito grande, difícil de entender como foi feito, e até hoje ele está lá, bem amarrado.
No dia 1 de agosto deste ano fiz a novena da Santa Filomena, com as nove comunhões, missa diária. Eu fui diagnosticada com uma doença sem cura, e desde abril estava fazendo tratamento mas não estava adiantando, gastei dinheiro e tive que lidar com dores por meses, e o pior é que enfrentei tudo sozinha, não quis contar para a minha família para não preocupar eles. Após o final da novena, que se encerrou dia 10 de agosto, retornei à médica, sabendo que teria que tomar mais uma dose do medicamento, mas tinha fé que a Santa Filomena iria interceder pela minha cura, e fui acreditando que seria à ultima vez que tomaria o remédio. Chegando na médica, ela me examinou e disse que eu não precisaria tomar o medicamento, estava curada. Desde então, não tive mais problemas e tenho a absoluta certeza de que estou curada Graças a Santa Filomena e ao Senhor Jesus Cristo.
Obrigada minha doce Santa Filomena.
Santa Filomena, rogai por nós!!!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Últimos Posts

CURTA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK